21 junho 2007

Dicas



Beber em exagero
De certo que já aconteceram estes sintomas a muitos foliões depois de longas noites de festejos académicos e outros. O chamado estado de "ressaca" com os seus típicos sintomas, é a forma pela qual o corpo se vale para reclamar os abusos alcoólicos praticados contra ele.
Quando você bebe demais, os vasos sanguíneos dilatam e o fígado bloqueia a libertação de glicose, causando a hipoglicemia.

Essa diminuição da taxa de glicose provoca cansaço, falta de energia e eventuais quedas de tensão; portanto, abusar das bebidas alcoólicas está longe de ser o ideal; mas, se isso acontecer, poderá sempre tomar algumas medidas que irão auxiliá-lo na recuperação:

* Aumente o consumo de líquidos
Como o álcool provoca a desidratação do organismo, em caso de "ressaca" o consumo recomendado de dois litros de água por dia, deverá ser aumentado para três litros.

Nunca pense em combater a ressaca com mais uma "carga". A única coisa que você conseguirá é agravar o mal-estar. Por outro lado, uma chávena de café pode ajudá-lo a diminuir a dor de cabeça e, consequentemente, despertar melhor no dia seguinte. Mas não exagere, pois o café é diurético e, portanto, em grande quantidade, aumenta a desidratação.


* Nunca fique sem comer
Alimente-se bem. Além de proteger o estômago, vai armazenando "combustível" para queimar durante a ressaca. No dia seguinte, mesmo que sinta um pouco de enjoo (resultado da agressão química causada pela bebida alcoólica), não deixe de comer.

O alimento recarrega as baterias e faz sentir-se melhor; mas, prefira alimentos pouco gordurosos e ricos em hidratos de carbono e sacarose (massa, pão, bolachas de água e sal com mel ou geleia, etc.).

Caso sinta alterações digestivas mais sérias ( como vómitos persistentes), consulte um médico.

in UMdicas

Sem comentários: