20 novembro 2007

Na crista da Europa

É hábito ouvir dizer que Portugal anda na cauda da Europa. Infelizmente, para outras tabelas continuamos na crista. Alguma coisa está mal e é preciso encontrar uma solução. Estamos a esganar a nossa juventude.

3 comentários:

osso disse...

acho que faria algum sentido ver a estatística quanto à raça. Portugal, principalmente Lisboa, é um país que recebe muitos imigrantes africanos, por sua vez os africanos, sub-Saara, são os que apresentam taxas mais elevadas de infecção.
Se assim acontecer as campanhas desenvolvidas podem estar a perder força estatística e não seria mal pensado começar a fazer acções de informação nos aeroportos.

Godinecstazy disse...

Eu acho que o espírito católico português, carregado de muito facilitismo, contribuem para estes números.

r disse...

Exactamente osso, se são os emigrantes sub Saharianos a espalhar a notícia então algo está fundamentalmente errado com o sistema de prevenção!
No entanto, creio que a maior fatia da disseminação do HIV seja por agulhas... Não tenho números mas de certeza que os há.