17 abril 2008

Como vai a política no nosso país... II

Agora a situação é grave e é local... Usa-se o dinheiro da câmara, os funcionários da mesma e as vias de comunicação oficial para se fazer política partidária. Para aqueles que vêm em defesa do Eng. Mesquita Machado dizendo que está a exercer o direito do contraditório e não política partidária, expliquem-me lá então a expressão "partido-de-luis-filipe-menezes" num documento oficial. O senhor João Paulo Mesquita é funcionário da câmara e não do partido socialista...

4 comentários:

Francisco Rodrigues disse...

Esse comunicado é uma autêntica vergonha, um insulto à inteligência dos bracarenses.

César Gomes disse...

Lamentável...

Anónimo disse...

até me garantem que ele nem funcionário é, é nomeado político. adjunto ou assessor. isto é politiquice e venha o diabo e escolha. mas até gostei daquela escrita caustica.
Viva o Sporting! de Braga.

Anónimo disse...

ò César, isto não é lamentável, é ciência política. Ciência e da boa. Já visto o que é que anda a ocupar a blogosfera? Olha que não são as ideias de quem quer o poleiro camário, pois não?