15 maio 2008

Ultrapassagens à esquerda...

Depois da preocupação de Manuela Ferreira Leite com os novos pobres é agora a vez de Pedro Passos Coelho fazer uma ultrapassagem à esquerda do governo Socialista e defender o "casamento" entre homossexuais...

Para quando uma redistribuição dos partidos na Assembleia da República... Estaremos perante novos partidos ambidestros?

4 comentários:

фґåлċĭşčø ЖįğůзĿ disse...

Ambidestros? Talvez, mas chupistas são todos com toda a certeza.

koolricky disse...

Sinceramente, não vejo o que isso tenha de mal. Estamos no século XXI, não no século XV.

NA disse...

Calma, ricky não tem nada de mal... Eu não tenho nada contra... Agora é claramente ir buscar um eleitorado de esquerda...

Quanto ao casamento entre homossexuais sou completamente a favor...

Luis Caldas disse...

Nuno possivelmente não é piscar o olho ao eleitorado de esquerda, mas um retorno às origens do PSD. Ou seja, uma matriz de base social democrata, ou como alguns lhe chamam centro esquerda.

Aliás, são inúmeros os partidos europeus de "esquerda" com políticas liberais e de "centro-direita".

Penso que neste momento, as esquerdas e direitas deixaram um pouco de fazer sentido, e estamos mais perante bases de governação, ideologias e lógicas organizacionais e de gestão do estado.