31 janeiro 2007

Rali de Portugal (WRC)


Seis anos depois está de regresso uma das provas mais míticas do Campeonato do Mundo de Ralis, o Rali de Portugal. Esta prova existia desde 1973 e sempre foi vista em todo o mundo, por espectadores e pilotos, como uma das mais difíceis e notáveis. Uma das imagens de marca era a proximidade por parte dos adeptos, dos carros que passavam a alta velocidade, até que um dia houve um atropelamento trágico no Agrupamento B de Rali e a competição foi interrompida em 2001. Apesar de tudo, acredito que na altura foi uma jogada da organização, que quis lançar o rali da Alemanha e alguém teria que ficar a chiar; o acidente foi só um pretexto, juntamente com as condições climatéricas de chuvas copiosas que se viveram nesse ano em Portugal, ficando os troços verdadeiros pântanos onde só os mais fortes resistiram.

O último vencedor, enquanto prova do Campeonato do Mundo (WRC), foi o brilhantíssimo Tommi Mäkinen ao volante de um Mitsubishi Evolution VI, foi tetra-campeão do Mundo e venceu 24 ralis ao longo da sua carreira. Um finlandês voador.

Este Rali de Portugal vai ser disputado no Alentejo e Algarve, havendo uma super-especial no Estádio Algarve (tem que servir para alguma coisa).
Os aficionados ficam sem as clássicas provas da Lameirinha, Fafe, Vieira do Minho, Ponte de Lima e Arganil, em troca com o Sul do país. Esperemos que tudo corra pelo melhor e que as assistências respeitem as distâncias de segurança. A prova realiza-se de 30 de Março a 1 de Abril.

2 comentários:

luismico disse...

Permite-me discordar de uma coisa! em 2001 acabou por um erro organizativo em não anular uma especial porque a mesma estava em más condições por causa da chuva. O troço esta completamente enlameado. Houve um acidente com um dos concorretes e os meios de socorro não conseguiam lá chegar pq os meios disponiveis naquele local nõa dispunham de jipes ou carros de socorro 4x4 para passar o enlameado. Até foi o publico a socorrer os participantes. Isso do atropelamento é apenas uma desculpa de uma organização sem nivel. Conheço gente que trabalhou na segurança do Rally e ainda este não tinha começado e já se sabia que ia ser o ultimo ano. É com uma tristeza profunda que deixo de ir as 3h da matina para aquelas classificativas brilhantes da Lameirinha com as encostas cheias de povo a ver as maquinas passar! Agora um dos rallys mais belos do mundo muda de local por incompetência da organização. Ainda estou para saber porque o mesmo foi para o Algarve. Na altura quando trocaram o rally de Portugal pelo rally da Alemanha todos criticaram e diziam que foi apenas por interesses economicos e agora??? Porque raio o Rally foi para o Algarve se sempre foi disputado no Minho??

Francisco Rodrigues disse...

Concordo contigo quando dizes que a organização usou uma desculpa qualquer para levar o Rali para a Alemanha, para mim eles já andavam com ela fisgada...e logo os Alemães que não são flor que se cheire.
Também concordo com o facto do Rali nos troços clássicos do Norte ser absolutamente espectacular. Não sou eu só a dizer isto, os pilotos diziam o mesmo...mas eles decidiram pelo sul do país...talvez pelo facto do Algarve ter muitos hoteis para alojar toda a máquina da prova, não sei.

Quanto ao acidente que eu mencionei, apenas traduzi o que está escrito na página oficial do WRC Portugal, cujo link está no post. Só pus a versão deles.

Também me lembro de ver o Tommi Makinen a passar na curva do confurco, na Lameirinha, com milhares de pessoas na encosta, em que ele, numa curva apertadíssima, depois de uma descida e na mudança de terra para alcatrão, põe o Mitsunishi a varrer e, para extase geral ma multidão, acena dentro do carro num cumprimento apoteótico. Só ao alcance de um fora de série. Inesquecível.