20 janeiro 2008

Braga fora da Taça de Portugal

Pelo que ouvi no relato da rádio Antena Minho, a eliminação do Sporting Clube de Braga tem, além de uma bola de Paulo Jorge na trave, o dedo altamente caseiro do árbitro João Ferreira. Este senhor desde o célebre Braga 3 Benfica 2 mantém o nível anti-Braga. De qualquer modo, esta competição deveria sofrer algumas alterações. Para começar, a final por muita mística que tenha, não faz sentido que seja no Estádio do Jamor uma vez que este não tem condições comparativamente com os "estádios do euro". Depois, as meias finais deveriam ser jogadas em duas mãos, ou quando muito em uma mão mas em campo neutro. Tornaria a competição mais verdadeira. Parabéns a todas as equipas que passaram à próxima fase. O Braga, está em crise.

2 comentários:

osso disse...

além da falta de condições não faz sentido que se os finalistas forem, ambos, de uma determinada região a final seja no jamor.
será uma maneira mais de procurar vassalagem?

Espelho Laranja disse...

Companheiros, mortos os vírus, o http://espelholaranja.blogspot.com está de volta. É só espreitar. Ele precisa da ajuda de todos os bloggers. Contribui para a discussão.