14 maio 2008

História do jardim de infância...

O Zézinho foi apanhado a fumar às escondidas com o manelinho... Como foi apanhado, com medo que fossem contar ao papá, correu para a professora e pediu desculpa... Para garantir que o assunto não ia mais longe, ainda prometeu que não voltava a fazer a asneira... Fumar, nunca mais...

Que é isto? Eu quero lá saber se o Primeiro-ministro vai voltar a fumar ou não... Eu quero lá saber se ele não era conhecedor da lei. O que é que acontece comigo se for apanhado a conduzir em excesso de velocidade e disser ao polícia que não conhecia a lei? Será que o chefe de governo sabe que alegar desconhecimento da lei não perdoa nada???

Tal como escreve o Pedro Morgado no avenida, o primeiro-ministro só está a descredibilizar a lei. E mais do que isso, uma viagem tão importante como esta, fica manchada com um vício de dois governantes.

4 comentários:

Zé de Braga disse...

eles na Venezuela, têm coisas melhores para fumarem

фґåлċĭşčø ЖįğůзĿ disse...

Uma vergonha! Eles deviam era ter fumado cianeto.

Antero de Quental disse...

Ver o segundo comentário de Antero de Quental, na opinião do Dr. António José Seguro, no jornal o Expresso, em:
http://aeiou.expresso.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/310373

Luis Caldas disse...

Ficava muito melhor, se em vez de dizer que ia deixar de fumar, que voluntariamente se apresentava para pagar a multa, o dinheiro não lhe deve fazer falta e aí sim, dava uma imagem de rigor e obediência à lei.