15 novembro 2008

Não é fácil de entender


Vejam este vídeo, com som bem alto, até ao fim!! A portugalidade é ilimitada.

Ouvi uma secretária de estado da pasta dos transportes falar na rádio e na tv, depois do super-esperto ministro Mário Lino se ter baldado à Assembleia da República. Falava ela, sobre a Linha do Tua e, como o caso é complicado, vamos por partes. Primeiro, depois de dois acidentes com vítimas mortais, parece mesmo que a culpa vai morrer solteira; segundo, foram gastos num ano, 3 milhões de € na manutenção da linha, gastos regulares, mas que de manutenção nada têm: onde pára este dinheiro?; terceiro, o troço da Linha do Tua que vai do Cachão até ao Tua ficará encerrado até Março, estupidamente e sem razão palpável; quarto, vão gastar-se largos milhões de euros, depois desta fase de hibernação, para pôr aquilo em condições; quinto, em 2014 a barragem da Foz do Tua [num pacote de 5 novas barragens esta é, infelizmente, a que tem mais potencial] estará pronta, e grande parte da linha será inundada.
Depois de tamanho e obsceno cozido à portuguesa, conclui-se que a Linha do Tua é uma enorme chatice para os gajos que mandam nesta merda, em Lisboa. O que eles querem mesmo é a barragem, para lhes dar energia. A população de Mirandela e arredores nem sequer tem voto na matéria: aliás, o que lhes interessa mesmo é o voto na urna e que continuem a fazer alheiras jeitosas e bom azeite, para as festas nas herdades do Alentejo. Depois, imagino, como qualquer português, como seria o final e a duração desta história, 3º mundista, caso o risco desta linha fosse traçado no distrito de Lisboa, Coimbra, Setúbal ou Porto... Enfim, continuamos a rasgar dinheiro e a adiar o que realmente interessa, sob um escândalo branqueado pela imprensa. Como diz o tranquilidade: um nojo.

1 comentário:

cl disse...

Concordo plenamente!!