16 fevereiro 2007

Outra vez?

6.046 adeptos em Braga: «É uma vergonha», lamenta o presidente Salvador.


«Uma boa vitória contra uma equipa que, apesar de não estar a fazer um bom campeonato, tem qualidade. Sabíamos que os jogadores queriam mostrar o seu valor ao novo treinador. Não fizemos a primeira parte ideal, mas melhorámos na segunda e chegámos ao golo, que nos dá um grande alento para a segunda eliminatória. Sei a vontade que o Sp. Braga tem de passar esta eliminatória. Estou confiante que vamos a Itália fazer um bom resultado e passar à próximo eliminatória. Vamos ver até onde conseguimos ir. Fiquei satisfeito pelos que estiveram no estádio, que aplaudiram a equipa até ao fim. É lógico que não estou satisfeito, só tenho que classificar como vergonha. Se calhar, noutras cidades, face ao que o Sp. Braga está a fazer, a cidade parava para ver o clube jogar. O preço dos bilhetes é uma falsa questão, porque contra o Grasshoppers foi cinco euros, com direito a trazer um acompanhante, e a assistência não foi muito diferente. Pode ter a ver com a paixão que os adeptos têm pelo clube ou não.»
in maisfutebol


__________________________________________



Este presidente anda a abusar. Ele antes de dizer estas barbaridades devia antes olhar para o clube a que preside. Senão vejamos:

-vergonha é o Braga simplesmente não ter política de marketing;

-vergonha é a secretario do Estádio 1º de Maio. Cada vez que entro por aquela porta pergunto-me se voltei à década de oitenta. Paredes brancas, duas mesas, dois computadores e nada funciona. É penoso lá ir;

-vergonha é o site oficial do clube. Há clubes na 3ª divisão inglesa com sites muito mais funcionais, mais utéis;

-vergonha é a loja do Braga, enfiada num buraco onde ninguém vai e que só vende tralha horrível, sem as coisas mais básicas que se exigem a uma loja. É uma epopeia alguém conseguir simplesmente uma camisola do Braga com o seu nome estampado: impossível. Não há produtos para bebés. A loja é verdadeiramente, UMA VERGONHA. Mudem-na de sítio, ponham-na num centro comercial e vendam produtos diversificados e de qualidade. Abram os olhos;

-vergonha é o Braga não ter uma loja on-line;

-vergonha é ser impossível pagar quotas ou comprar bilhetes por multibanco;

-vergonha é ir às bilheteiras do Estádio Municipal de Braga e ver, permanentemente, um cartaz: "Multibanco fora de serviço";

-vergonha é o Braga querer ser grande a todo o custo, aos olhos do presidente, e não ver estes problemas;

Mas vergonha maior é saber que estes problemas existem, não se fazer nada e dizer na comunicação social que os Bracarenses são uma vergonha. Chega de insultos. Não basta vender jogadores caros e ganhar dinheiro, há que saber tratar e cativar os Bracarenses, com profissionalismo. Quando o Braga deixar de ser uma vergonha nos aspectos que enumerei, aí sim, veria alguma legitimidade nas palavras do presidente. Enquanto isso, o meu fanatismo saudável move-me sempre rumo ao Estádio, consciente que as coisas não vão mudar, e ontem lá estive.


E já que o presidente é construtor, que faça um mega-centro comercial ao lado do Estádio: é a única maneira de centralizar aquela zona RURAL, de ganhar lugares de estacionamento e de meter mais gente no estádio. É uma sugestão que lhe dou.

7 comentários:

Cristóvão disse...

Concordo com alguns aspectos que o xico disse, e ha muitas coisas para melhorar. E pelos vistos o centro comercial vai ser mesmo construido nessa zona. Acho mesmo até que vai ser o maior Dolce Vita do país. Pode ser que assim as pessoas vão ao jogo depois das compras :-)
No que diz respeito ao preço dos bilhetes, ouvi dizer que nesta eliminatória, o preço mínimo imposto pela UEFA é de 15 euros, mas n tenho a certeza.
No caso da falta de condições, muitos outros clubes também não as têm, e trazem mais gente ao estádio que o Braga, por isso não sei se isso desculpa alguem.

koolricky disse...

Cristovao, diz-me la que outros clubes trazem mais pessoas ao futebol (em Portugal)?
Quanto ao Centro Comercial... O Dolce Vita vai ser construido onde e actualmente a adega cooperativa. Ainda sao uns 15 minutinhos a pe! E ainda bem que nao vai ser construido em "cima" do estadio. Estragaria a beleza!

Francisco Rodrigues disse...

Se esse centro comercial vai ser construido na zona da adega cooperativa, é quanto a mim, uma má notícia. Deveria ser o mais próximo possivel do estádio.

cristovao disse...

Eu também pensei que fosse mais perto do estádio. E pelos vistos é possível irem mais coisas para junto ao estádio.
No caso de haver clubes a levar mais gente, na primeira liga o Ricardo tem razão porque o Braga é o clube com a quarta maior assistência (11810 adeptos por jogo), muito à frente de académica e boavista. O problema é q temos clubes na segunda divisão com mais (12471 espectadores por jogo) :-(.

koolricky disse...

Aí discordo Xico. O Parque Norte é um espaço que, quando completo, será um espaço dedicado ao exercício e à saúde com piscinas, courts de ténis, ginásios e coisas afins. Não vou permitir que se conspurque este espaço com um supermercado megalómano só para que se aumentem as assistências do Braga. Para isso há outros métodos (mais baratos) qua tu discutiste.

Francisco Rodrigues disse...

Ricardo, concordo contigo a 100%, mas o estado actual da cidade de Braga, fruto de décadas de crescimento urbanístico caótico, não me permitem acreditar que o Parque Norte seja no futuro o espaço que acabaste de descrever. Se o será, óptimo, que se faça o centro comercial afastado; senão, que se construa junto ao estádio, no caso da especulação e o cimento falarem mais alto.

Pedro Morgado disse...

No essencial estamos de acordo!